Trabalhar em casa produzindo alimentos

Cada vez mais as pessoas estão procurando trabalhos que tragam felicidade e possibilidade de tempo livre. Uma das opções é trabalhar em casa. No conforto do seu lar a pessoa se torna administradora do seu próprio tempo e muitos acreditam que a qualidade de vida aumenta e os custos como alimentação, transporte e vestuário diminuem.

Uma escolha muito frequente é a produção de alimentos. Comer é um prazer para todos e cozinhar é um prazer para alguns. Muitas pessoas são cozinheiras de mão cheia e estão mostrando as suas habilidades não só para a família, mas para clientes também. E os que não cozinham estão aprendendo, pois já entenderam que essa pode ser uma ótima oportunidade de trabalhar em casa, fazendo o que gosta. O ideal é se especializar em um produto, um único segmento. Após a escolha do produto analise o mercado, tenha certeza que o produto que será vendido é consumido pelas pessoas da região.

Trabalhar em casa produzindo alimentos

Trabalhar em casa produzindo alimentos

Possibilidades da produção de alimentos

Utiliza-se a cozinha e a estrutura da casa para preparar os alimentos. É imprescindível o máximo de higiene para garantir a qualidade dos produtos. Uma embalagem bacana também é bem vista pelos clientes.

Alimentos congelados: alimentos funcionais, dietas balanceadas, sopas, congelados, entregues diariamente na casa dos clientes.

Alimentos orgânicos: refeições equilibradas para auxiliar dietas.

Alimentos gourmet: brigadeiros, cupcakes, bolos, cookies, trufas, bombons, doces em geral.

Bolos caseiros: as delícias da vovó estão de volta, bolos caseiros para resgatar a infância.

Marmitex: pratos prontos preparados diariamente para almoço/jantar.

Frutas: mix de frutas em potinhos para empresas.

Salgados: sanduíches naturais, salgados assados ou fritos.

Como calcular o valor do produto

Some todas as despesas (ingredientes, luz, água, telefone, espaço, tempo) e divida pelas unidades. O valor que obter é o custo. Tudo o que colocar em cima disso será o lucro. Inicie com um lucro baixo (de 5% a 10%) e conseguindo clientes aumente o lucro, sempre um valor que os clientes possam pagar.

O segredo é preparar os alimentos com o coração, com amor e apresentá-los da melhor forma, despertando a vontade nos clientes.

Leave a Reply